Salários dos profissionais de uma Gestora de Recursos. Quanto ganham?

Acredito que muita gente tenha essa mesma dúvida sobre a carreira em uma Gestora de Recursos. Os salários base podem não ser tão altos, mas falando dos bônus…

É isso mesmo. Você está diante da carreira que paga os melhores bônus do mercado financeiro.

Grande parte dos funcionários que performam nesse ramo recebem um percentual do equity da Asset. Ou seja, tornam-se sócios e participam da divisão dos lucros da empresa.

Mas vamos entender algumas coisas relevantes antes disso…

Carreira

Existe um ponto muito importante que muitas pessoas acabam fazendo confusão. Nem todo analista almeja um cargo de gestor. As decisões e os papéis desempenhados por esses dois cargos são diferentes.

Porém, o caminho mais comum de crescimento é começar como estagiário no BackOffice. Se o trabalho for desempenhado de forma notória, abre-se uma oportunidade para uma espécie de trainee para o cargo de analista.

Com isso, o novo analista tem a oportunidade de participar da gestão do portfólio e, se for do seu interesse, pode tentar virar gestor.

Esta possibilidade pode ocorrer caso a Asset abra um novo fundo, se o gestor de algum fundo existente sair ou se o próprio indivíduo resolver montar sua própria Gestora Recursos, uma vez que o normal é existir apenas uma vaga de gestor por fundo de investimentos.

Salários

A remuneração das pessoas dentro das gestoras é algo muito variável. Diferentemente de muitos outros modelos de negócios do mercado financeiro nos quais existe uma maior previsibilidade, as gestoras funcionam de uma forma um pouco diferente.

Mas, se você está lembrado, falamos em um outro artigo que uma Asset capta dinheiro de duas formas distintas, sendo essas a taxa de administração e a taxa de performance.

A taxa de administração é fixa e normalmente gira em torno de 2% do patrimônio líquido do fundo. Ou seja, quanto maior o capital sob gestão, maior será a remuneração dos sócios e funcionários.

Por isso, o salário base de alguém que trabalhe em uma Asset costuma ser baixo e variar de acordo com produtividade e a quantidade de dinheiro movimentado pelo fundo.

Como a taxa de performance é algo que só ocorre quando o benchmark é atingido, o valor recebido por ela acaba sendo distribuído em forma de bônus.

Vamos aos exemplos:

Gestora de Recursos grande com patrimônio líquido do fundo em torno de 1 bilhão.

  • Gestor: ganhos em torno de 10 milhões por ano
  • Analista: ganhos em torno de 1 à 3 milhões por ano

Gestora de Recursos pequena com patrimônio líquido do fundo entre 100 e 200 milhões.

  • Gestor: ganhos em torno de 300 à 500 mil por ano.
  • Analista: ganhos em torno de 200 mil por ano.

Caminhando até uma Asset

Uma boa maneira para aqueles que sonham trabalhar em uma Asset Management é procurar aprender os conceitos usados nesse ramo e tentar uma vaga como estagiário.

Diante disso, as Gestoras de Recursos, mesmo que com um modelo enxuto de funcionamento, têm recebido regularmente estagiários pelo fato de existirem muitas opções desse mesmo modelo de negócios espalhadas pelo eixo Rio de Janeiro e São Paulo.

Para quem sonha em ser analista de um fundo ou gestor de recursos não existe lugar melhor. Os estagiários normalmente executam funções de BackOffice como batimento de cotas e muitas outras até que ele consiga migrar de área.

O problema é que o ramo de Gestão de Recursos é tão competitivo que as Assets têm exigido experiência prévia até mesmo para estagiários. E é nesse momento que você deve estar se perguntando o que fazer.

Te digo que é simples. Procure estudar e se especializar ao máximo em conteúdos como funcionamento da gestora, produtos financeiros, fundos de investimentos, valuation, entre outros.

A partir daí, procure bons cursos e, se possível, dê preferência aos que desenvolvem aptidões teóricas e práticas. Adquirir esse conhecimento é o que de fato te levará a conquistar uma vaga e desenvolver sua carreira.

Fontes:

  • Experiência alocando centenas de profissionais no Mercado Financeiro.
  • +100.000 horas observando as movimentações do Mercado.
  • Insights dos Sócios e Diretores das maiores casas de finanças do mundo.