Como se preparar para uma carreira no Mercado Financeiro?

Definitivamente, a carreira no mercado financeiro não é para todo mundo. É um ramo que cobra, e cobra muito.

Afinal, estamos falando do mercado mais meritocrático do mundo, não é mesmo?

A competição é estimulada constantemente e aqueles que não entregam bons resultados acabam sendo excluídos.

Se assustou?

É exatamente assim que funciona. O mercado não tolera pessoas acomodadas, que esperam as coisas caírem do céu. Na rotina desse ramo, você será testado e avaliado o tempo todo.

O ambiente é de pressão, mas apaixonante para aqueles que fazem por amor.

Posso dizer com tranquilidade diante da minha experiência de mais ou menos 7 anos de mercado financeiro: aqueles que fazem somente por dinheiro estão fadados ao fracasso.

Então, se eu pudesse te dar um conselho, diria para você pensar muito bem se quer mesmo ter uma carreira no mercado financeiro antes de mergulhar de cabeça.

Caso ainda não tenha certeza, sugiro que reflita e pesquise um pouco mais.

Porém, se esse for realmente o seu sonho, saiba que eu estou aqui para te ajudar.

Aqui vão alguns passos para facilitar a sua jornada…

Performando

carreira no Mercado Financeiro

Como eu já disse muitas vezes em outros posts, a faculdade não te prepara para uma carreira no mercado financeiro.

E sabe o porquê disso? Porque simplesmente não é o propósito dessas instituições.

Durante muito tempo a faculdade foi a principal ponte entre o cidadão e o meio profissional. E não estou dizendo que ainda não é.

A questão é que, em meio a essa era digital, com o fácil acesso à informação, as “novas empresas” têm se preocupado muito mais com as skills, experiências e a qualidade de entrega das tarefas por parte dos seus colaboradores.

É simples: estar em uma instituição de ensino superior te possibilita a concorrer a uma vaga de estagiário. Ponto.

Porém, não é um fator que anda totalmente alinhado com o que é exigido dos funcionários no mercado.

Por isso, muitas pessoas vêm buscando alternativas à essa problemática. Uma das soluções viáveis têm sido bons cursos, principalmente os que preocupam-se em passar para o aluno o conteúdo real, tanto teórico quanto prático, predominante no mercado financeiro.

A expertise adquirida nesses programas é o que de fato faz com que diversos candidatos consigam largar na frente do restante.

Mas nem sempre só isso basta…

Certificados

Conquistar certificações também é muito importante. Elas servem para habilitar o profissional a exercer alguma atividade determinada.

Alguns cargos de mais complexidade, por exemplo, exigem certificados específicos para que a atividade possa ser desenvolvida.

Ou seja, são fundamentais para alguém que queira iniciar ou agregar algum valor à sua própria carreira no mercado financeiro.

Além disso, são prova de conhecimento em matérias específicas de mercado.

Esses títulos servem para comprovar que você, depois de ter se dedicado bastante intelectualmente, foi aprovado em um exame e conquistou o direito de se tornar autoridade em determinado assunto.

Outro ponto muito importante é a visão de seriedade e comprometimento passada por eles. Chegar em uma entrevista de emprego no mercado financeiro com um certificado no currículo agrega muito valor.

É uma forma de mostrar ao entrevistador que você é alguém preocupado com sua carreira e quer desenvolvê-la.

Por isso, é importante não perder tempo. Estude para ser aprovado nas provas de certificações.

Posteriormente, com cursos e certificados, seu caminho para encontrar vagas no mercado financeiro será bem mais curto e menos complicado.

Vagas no Mercado Financeiro

Agora você deve estar se perguntando: mas como vou conseguir achar essas vagas?

Tenho uma excelente notícia para te dar. Já foi muito mais difícil, acredite.

Antigamente, para que os alunos soubessem dos processos seletivos abertos no mercado, deveriam ficar atentos ao mural de sua faculdade.

O problema é que nem sempre isso era tão eficiente, uma vez que as faculdades precisavam entrar em contato com as empresas e vice-versa. A comunicação tinha ruídos e as informações acabavam se perdendo no meio do caminho.

E aí surgiu a internet, o que sem dúvida veio para facilitar essa busca. Mas, como a maioria das coisas na vida, o trabalho de encontrar vagas nesse mercado não ficou tão fácil assim.

O mercado financeiro mantém, até os dias de hoje, a fama de ser um lugar de acesso restrito. Ou seja, nem todas as instituições disponibilizam suas vagas abertamente na rede.

Pensando nisso, a Proseek resolveu juntar as melhores oportunidades em um só lugar. Desenvolvemos uma ferramenta que capta as vagas do mercado financeiro e as disponibiliza semanalmente em um arquivo no nosso site.

Com bons cursos e certificados, ainda por cima sabendo onde encontrar processos seletivos abertos, qual é a sua desculpa para não entrar no mercado?

Faça por você!

Sobre o Autor

Felipe Gentil

Economista, formado pela PUC-RJ e tem MBA em gestão empresarial pela FGV. É fundador e CEO da Proseek
Publicado em 12/11/2018

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você está em busca de uma oportunidade de emprego, uma das melhores coisas que pode acontecer é ser chamado para uma entrevista.   Porém, para alguns, esse pode ser um momento de grande ansiedade, pois o candidato possui apenas alguns minutos para “encantar o entrevistador”.   Para ajudar a aumentar suas chances de ser…
Sempre tive pais que apoiaram minha educação, mas me sentia muito pressionado e essa pressão não vinha deles. Eu me cobrava para atender todas as expectativas que eram colocadas sobre mim e queria ser aprovado em um processo seletivo no mercado financeiro.   Meu pai trabalhava no mercado financeiro, e era muito difícil chegar em casa…
A cada dia chegam centenas de currículos nos e-mails de empresas e gestores de recursos humanos do mercado financeiro. Com a concorrência cada vez maior, pequenos erros podem fazer toda a diferença e afastar o candidato da vaga desejada. E esses problemas começam justamente no primeiro contato entre o candidato e a empresa. O currículo…